Advogado - Como será o futuro do profissional de direito - Pontes - O seu escritório legal

Advogado – Como será o futuro do profissional de direito

Advogado – Como será o futuro do profissional de direito

Em função da fácil transmissão, letalidade e facilidade de agravamento dos sintomas causados pelo coronavírus, o distanciamento se tornou uma das mudanças sociais mais fundamentais para se prevenir da contaminação viral, deslocando boa parte das atividades presenciais para as atividades online, sejam elas escolares, acadêmicas ou trabalhistas.

Sobre o futuro advogado

No contexto jurídico não foi diferente, o trabalho do advogado brasileiro voltou-se para o mundo virtual, dando visibilidade para a advocacia 4.0, conhecida como o futuro da profissão. Com a inserção dos advogados na utilização das tecnologias e da inteligência artificial, a advocacia 4.0 contará com a automatização de procedimentos.

Assim como todas as profissões, os advogados tiveram que se reinventar e utilizar frequentemente a tecnologia e a inteligência artificial como armas para facilitar o seu trabalho em tempos sombrios. Foi possível, com a utilização da inteligência artificial, que determinados procedimentos fossem realizados automaticamente, reduzindo a burocracia do fazer jurídico.

Sistemas e softwares começam a surgir no “boom“ desses tempos, voltados para o contexto jurídico. A inteligência artificial, por sua vez, passa a substituir em partes funções antes exercidas por advogados, juízes, promotores e servidores como a execução automática de processos, organização de documentos, audiências, redações padronizadas, procurações, prestação de serviços, etc.

Essa nova ferramenta, apesar de padronizada, deve ter um guia na sua utilização, voltada para o cliente. Querendo ou não, cada caso é um caso e é necessário uma avaliação particular de cada processo ou causa. O papel do advogado, apesar das reduções burocráticas, deve ser direcionar a advocacia 4.0 para atender as particularidades de cada pessoa, mediante os problemas apresentados. Com isso, essa forma de inteligência, potencializará resultados para o escritório de advocacia, aumentando as chances de sucesso.

Baixe o aplicativo Pontes no seu celular!

APPLE: https://apps.apple.com/br/app/pontes/id1535206366
ANDROID: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.pontes

APPLE: https://apps.apple.com/br/app/pontes-advogado/id1535206635
ANDROID: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.pontes.advogado

Como se transformar em futuro profissional de direito?

Para se atualizar e entrar no ramo, o advogado que se tornar um advogado 4.0, deve atuar no mercado e utilizar esses novos recursos e habilidades ao seu favor, extraindo o máximo possível dessa inteligência artificial, visando facilitar seu trabalho e networking, absorvendo esse novo conhecimento e usufruindo de todos os benefícios que a tecnologia pode proporcionar, além de aproveitar a advocacia 4.0 em sua totalidade.

Com essa evolução proporcionada pelos tempos de crise, subtende-se que o novo advogado (ou advogado 4.0) deve ser um profissional multidisciplinar, multideterminado e com múltiplas habilidades voltadas para essas novas tecnologias. O novo profissional deve ter conhecimento em marketing e conteúdo digital para atrair clientes, gestão, organização e conhecimentos tecnológicos.

Algumas dicas podem colocar o advogado 4.0 no caminho certo:

O advogado deve procurarplataformas que melhor atendam suas necessidades. O GoogleMeet, por exemplo, é uma das ferramentas utilizadas para a realização de videoconferências e reuniões. Na captação de clientes podem- se utilizar redes sociais como o Instagram e Facebook através do Marketing Digital ou no Dubbio, de forma mais direta.

O Juriz, por sua vez, serve para otimizar tarefas digitais.

Ter um site, blog e mantê-lo ativo é uma das formas de tornar seu trabalho conhecido. Conhecimento em edição de imagens e vídeos, cores, publicidade e propaganda, marketing, psicologia, humor são algumas armas que podem ser utilizadas para atrair e manter o público, e claro, conhecimento.

Seguindo esses passos, certamente o futuro do advogado será próspero. O profissional que tem seu diferencial diminui a competitividade com outros do ramo, se adequa ao moderno, ao que atualmente é essencial e exerce sua profissão com maior facilidade.

Saiba mais: Clique aqui!